#PAPORETO - Comunicação: é tempo de investir em projetos de visibilidade de marca?

Em tempos de crise é possível ter resultados? Você, empresário ou gestor de uma pequena ou média empresa deve estar se perguntando neste momento. 1.Por que vou assumir agora um compromisso sem saber como as coisas ficarão? 2.Por que vou investir com a instabilidade que estamos vivendo e a recessão econômica que se anuncia? 3.Por que vou me preocupar agora com minha marca diante de tantas outras preocupações primárias, como a saúde? 4.Por que eu investiria em visibilidade da minha marca, quando os únicos interesses de todos é na pandemia e na economia? 5.Por que eu pagaria um valor mensal agora para uma empresa de comunicação que não vai se dedicar à minha marca com a mesma eficiência durante esta crise? 6.Por que seria melhor eu dar continuidade em minhas ações de comunicação neste período, ao invés de romper os contratos em andamento e poupar minha reserva financeira? Estamos aqui justamente para esse #PAPORETO com você. Aquela conversa "olho no olho" que estamos tão acostumados e gostamos, mas que agora, em época de distanciamento social, ganhou um estilo "clique por clique". Vamos exercitar o pensamento sobre as dúvidas apontadas por muitos empresários sobre o que fazer com as estratégia de comunicação em meio à pandemia do coronavírus. Primeiro porque agora é de fato o momento que estamos vivendo, e não temos ainda qualquer previsibilidade segura de quando esse período vai passar e, muito menos, qualquer certeza de que as melhorias serão rápidas e para todos. Depois porque o mundo inevitavelmente terá que se reinventar em todas as atividades e processos realizados até hoje. Quem não perceber ou aceitar isso, vai ser ainda mais impactado. Tem que ficar claro para todos que o melhor momento para colocar em prática esse novo jeito de fazer as coisas, é sem dúvida aqui e agora, antes que não dê mais tempo. Sempre ouvimos dizer que é na crise que muitos encontram oportunidades de se destacar ou reinventar, e ouvimos isso, porque é fato. Não é clichê ou frase de auto-ajuda, é a pura manifestação da necessidade que produz uma nova realidade. Então você se pergunta, por que agora?! E eu respondo: Porque se está ruim para todos apenas com o anúncio da temida recessão, sem que ela de fato tenha iniciado sua "jornada", considerando que estamos há apenas há 15 dias em estado de alerta, como ficará daqui para frente se você cruzar os braços desde já e ficar esperando melhorar por sí só? Falamos tanto sobre nossa preocupação com a economia, mas e o que nós vamos fazer para ela caminhar? Vamos apenas fechar as portas? Vamos somente aguardar auxílio dos gestores públicos? Vamos simplesmente esperar que nosso vizinho não tenha a mesma atitude e mantenha nossa economia girando, se nós mesmos fomos os primeiros a recuar? Porque precisamos nos proteger sim, mas não precisamos parar. Aliás, não podemos frear nossas ações, planejamentos e objetivos assim. O tempo é cruel - ele não volta. Então as decisões de hoje serão responsáveis pelos nossos resultados de amanhã. Tenho certeza que em inúmeros setores, nas mais diversas empresas do País, sejam pequenas, médias ou grandes, já temos muitos cases de superação, em apenas 15 dias. Histórias que já nos orgulhamos de ouvir, imagine ainda se fossem sobre nós. E para alguns setores, a situação em que nos encontramos, já é mais propícia a funcionar bem e rápido. A Comunicação por exemplo, já tem quase todos os seus processos há anos estabelecidos na área digital. Home office para nós é uma realidade de uma década. Reuniões via aplicativos e gerenciador de mensagens já fazem parte do nosso dia a dia nas agências muito antes do whats up existir. Portanto, essa crise não afeta a execução da nossa dinâmica de trabalho e não nos impede de alcançarmos os resultados esperados para cada cliente. O que nos afeta é o desânimo global por um momento que deveria ser de transição e transformação; é a afirmação deturpada de que para vencermos esse desafio, temos que fingir que ele é quase inofensivo; é a inércia que algumas marcas e empresas se colocaram diante do que poderia representar uma verdadeira resignificação em todas as esferas de relacionamento; é vermos a apatia tomar conta de empresários a ponto de paralisá-los, enquanto eles questionam como ficará a economia; é culparmos partidos e discursos, enquanto deveríamos cobrar atitudes; é resumirmos esse momento de revolução sistêmica em preferência e guerra partidária; o que nos afeta é vermos marcas conceituadas no mercado, com uma saúde financeira invejável, com todo um plano de posicionamento focado na inovação, colaboração e crescimento, agindo com astúcia e prematuridade, com decisões que preservam seus interesses e prejudicam todo um coletivo em situação de vulnerabilidade. Em último aspecto, mas não menos importante, porque apesar do interesse da mídia sim no tema central que vivenciamos da pandemia, focada em informações da área de saúde, as pessoas querem viver, os negócios precisam sobreviver, a vida continua acontecendo e, assim como sempre foi, ela será muito mais generosa para àqueles que aceitam seu desafio e que sabem aproveitar cada momento para fazer mais e melhor, fazendo do seu limão, a mais doce e nova limonada gourmet pica das galáxias. Portanto, o momento atual não se trata de uma pausa momentânea, que nos permite apenas esperar dias melhores e adequados para cuidar de quem cuida de nós - nossa empresa. Se trata de um período que tende a ser longo e difícil, e a melhor forma de enfrentá-lo, é agindo como se ele representasse um novo marco em nosso cotidiano, nos obrigando a pensar fora da caixa, a agir além da teoria e a buscar, acima de tudo, a inovação, o diferencial e a adequação, a cada cliente, cada projeto, cada cenário e cada oportunidade. São novos tempos, e sai na frente, quem enxergar e aceitar isso primeiro. Por TUDO ISSO, estamos aqui, fazendo nossa melhor limonada, do seu jeito, para tomar junto com você, cada um de um lado da linha, conectados na emoção a cada post curtido, cada release distribuído, cada live organizada, cada matéria emplacada, cada entrevista por skype concedida ou cada áudio-release gravado pelo smartphone...Estamos aqui, trabalhando firmes, como sempre, para fazermos desse momento, também, o melhor de nossas vidas, com você. Porque nós nascemos para criar; Nós crescemos para inspirar; Nós Inspiramos para transformar. #vempraAi5 #conteconosco #vemcomagente #inovarépreciso #comunicaçãoeestratégia #paporeto #vemsabercomoeupenso #fazermaisereclamarmenos #semmimimi #aquinãotemtemporuim #vemqueeuteprovo #fazereacontecer #aquivocêacontece

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Twitter
Fale conosco