A guerra global digital já começou, se liga!

Os eventos aparentemente isolados de hacking pelos russos das eleições nos EUA e do Brexit, o boicote norte-americano a Huawei, as invasões de telecoms pela China, é tudo uma coisa só: a guerra já começou.

Tá bom, tá bom. Você aí preocupado com o bônus do mês, a meta do quarter, a reforma da Previdência, essas coisas vitais para seu dia a dia, e eu aqui com esse papinho alarmista imbecil de guerra digital. Vai catá coquinho, Pyr Marcondes, tenho bocas para alimentar!


Ok. Tudo certo. Até porque não adianta muito mesmo, neste caso, saber, porque pouco ou nada podemos fazer.


Ainda assim, não posso deixar de te alertar e você faz com o alerta o que bem entender … há uma guerra digital em curso há pelo menos uns 5 anos. Ela é global, mas tem impactos na vida cotidiana de cada um de nós, acredite.


Quer ver? Vazamento das conversas do Moro com o Dallagnol?… faz parte. E por que?

Porque é hacking. É controle e acompanhamento de conversas em ambientes que, em tese, deveriam ser protegidos e privados, mas não são mais.


Não entro no mérito se isso é ou não legal. Fato: está acontecendo. Com o Moro, com o Dallagnol, com você, comigo, com o Trump, com todo mundo.


Não há mais qualquer segurança online e o mundo é online. E isso se espalha pelos governos e empresas, globalmente.


Trump penaliza a Huawei alegando que são espiões digitais chineses em solo americano. Não sei se são ou não, mas se forem, juro que não me espantaria.

Leia aqui matéria sobre a provável invasão de algumas das maiores companhias de telecom do mundo pelo Governo Chinês.


E aqui, matéria exatamente sobre esse meu tema.


E aqui um dos meus momentos mais alarmistas e doidões sobre como a tecnologia está hackeando a vida, publicado em ProXXIma meses atrás.


E se quiser ler um livro sobre isso, leia este, que brinca com o nome “cold war”, na versão digital global de hoje, virando Code War.




E tire suas próprias conclusões.


Bom quarter!


9 visualizações
Fale conosco