A Comunicação que valoriza

Perceber-se é parte da comunicação, construir experiências, também. Para formar a consciência do indivíduo é necessário que ele vivencie, experimente, entenda, exista e constitua-se através da compreensão do mundo. Mas ele não faz isso de maneira inerte, o faz de formas subjetivas e diárias aprendendo com cada situação.

Ter boas experiências é importante, já que elas nunca deixam de existir, e podem se tornar eternas e inesquecíveis. Construir imagens, valores, agregar experiências positivas é um dos objetivos da comunicação que valoriza, que também se chama de comunicação assertiva.


O primeiro passo é ser visto. Olhar é um elemento de valorização, é um dos sentidos humanos: a visão. E se a mensagem transmitida através da imagem for certeira, a primeira etapa de comunicação está efetivada. Já atingir as sensações é necessário olhar e ver, é preciso tocar a alma com esta comunicação. O olho projeta na mente o que vê, e essa criação imagética é consolidada a partir de significados vivenciados ao longo da vida. Quer deixar marcas? Então tem que se preparar para ser visto e comunicar através disso.

Marcas, produtos, empresas e mesmo personalidades sabem que precisam mandar mensagens construtivas e que deixem experiências positivas no público. A linguagem que será usada também deve ser estratégica, ela será a essência para uma boa comunicação. E há de se considerar que a linguagem é uma estrutura que muda constantemente, no mundo real e digital, é impossível que seja estática, é dinâmica.


Outra consideração importante é a interação que a experiência vai provocar. Interagir com os pares é outro ponto essencial para nossa constituição enquanto seres humanos. Assim é possível ampliar a experiência individual para a coletividade. Todos interagem e isso pode agregar na mensagem inicial uma divulgação espontânea, serão relatos e percepções vivenciados. A comunicação se disseminará através da experiência diante do produto. A experiência será refletida.


Os sentidos acessados pela comunicação que valoriza vão se confundir com o fluxo de pensamentos. O olhar é um hábito, uma compreensão imediata da realidade que se constitui da vivência, tornar essa vivência uma experiência positiva depende da comunicação que valoriza. Todos precisam da comunicação seja para conhecer tendências, novidades ou para oferecer. Tudo depende da comunicação.

8 visualizações
Fale conosco